Densidade do Colchão. O que é e como calcular a densidade colchão

Na hora de comprar colchão, principalmente se for um colchão de espuma, é muito importante que o produto seja adequado ao peso e altura do usuário, para que ele tenha uma vida útil maior e garanta sempre conforto e saúde a quem vai usá-lo – afinal, são essas características que todos os fabricantes prometem. Para que a promessa se torne real e essa conta seja feita de forma precisa, é necessário calcular a densidade colchão, uma forma eficaz de saber quais são os colchões mais indicados para cada tipo de pessoa.

É importante medir a densidade do colchão antes de comprá-lo para que ele possa ser utilizado da melhor forma possível, garantindo assim sua firmeza e demais características por muito tempo – alguns colchões, se adequados ao dono, podem chegar a uma vida útil de cerca de dez anos. A densidade colchão também pode medir em quais níveis os colchões ortopédicos podem atender melhor aos usuários, e de que forma.

Uma das principais dicas para quem divide colchão com outra pessoa é medir a densidade do colchão usando como dados a altura maior e também o maior peso, ou seja, os dados da pessoa mais pesada que vai utilizar a cama. Dessa forma, o produto ficará confortável para ambos, já que o colchão a ser escolhido deve ter maior densidade.

Em alguns sites de fabricantes do produto é possível acessar uma calculadora de densidade para que você possa se certificar de qual a densidade correspondente ao seu próximo colchão antes de fazer a pesquisa de preços nas lojas. Basicamente a conta é feita pelo Peso x Altura e as densidades de colchão podem variar de D23, para o menor e mais leve, até D45, do mais alto e pesado. Separamos abaixo, uma tabela que mostra o calculo da densidade do colchão para que você faça a escolha certa. Confira:

Tabela Densidade Colchão

Tabela densidade colchão

Dica Final

Além de calcular a densidade é importante saber cuidar do produto, mantendo-o sempre em boas condições de higiene e limpeza e respeitando as condições de uso sugeridas pelo fabricante. Além disso, devemos sempre estar cientes de que a vida útil do colchão um dia chega ao fim, e é necessário trocá-lo antes que ele dê sérios problemas de coluna a quem o usa. Quando chegar esse momento, recalcule a densidade colchão e garanta novamente o sucesso da próxima compra.

Comente agora!

Deixe seu comentário

Escreva seu comentário